Cortesia 24e13038 9409 43f9 a5b7 754db54376e0 Júlio Cezar

Bastante irritado, o prefeito de Palmeira dos Índios, Júlio Cezar (PSB) concedeu entrevista ao radialista Anselmo Robério na Palmeira FM, neste sábado (10) comentando a derrota do Time palmarense por 4 a 1 e consequentemente o rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Alagoano.

Júlio Cezar afirmou que o time é fraco, que não sabe de onde vieram os jogadores e que não é seu papel na condição de prefeito contratar atletas. “Acho que esses jogadores foram vendidos para o Dimensão Saúde, dei todas as condições desde o campo as passagens para os jogos”, enfatizou.

“Esse time fez vergonha e não quero ver nenhum jogador na cidade. Devolvam a camisa para ser lavada com sal grosso”, completou o prefeito, afirmando que as críticas são da oposição que nunca soube o que é trabalho e que quer um mandato de deputado estadual para se ver livre das questões políticas que respondem. 

Outra colocação forte de Júlio Cezar na entrevista direcionada à oposição, que no passado  bem recente fez parte e tirou proveito quando afirmou: "São abutres da política e fazem festa com carniça".

Em postagem feita após o jogo do Tricolor Palmeirense na sua página pessoal no facebook, Júlio Cézar afirmou que ficou decepcionado com a campanha feita pelo time no Estadual.

“Decepcionado, indignado CSE, lamento a pobre campanha do CSE no Campeonato Alagoano 2018. Uma campanha indigna da grandeza e história do clube. Como patrocinador Master quero dizer aos apaixonados torcedores que apoiamos, fizemos o que estava ao alcance e não deixamos faltar nada ao trabalho do elenco”.