1505e002 0ecb 49a7 85c1 7acd07cf971a

Os serviços de construção e montagem de um trecho de gasoduto para atender usuários do segmento comercial no bairro da Jatiúca, em Maceió, foram fiscalizados nessa quarta-feira (7), pelos técnicos da Gerência de Gás Natural da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal).

A construção tem 170 metros de extensão e faz parte do projeto de expansão de rede da concessionária Gás de Alagoas S.A. (Algás). O gasoduto interliga dois trechos da avenida Dr. Antônio Gomes de Barros, antiga Amélia Rosa, da rua Artagnan Martins Reis até a rua Ernesto Gomes Maranhão.

Durante a fiscalização foram vistoriados o cumprimento do cronograma, especificações e integridade dos tubos e outros materiais utilizados, condições de segurança, sinalização e limpeza da obra e a execução do furo direcional (método utilizado em perfuração subterrânea, que permite a implantação das tubulações com redução significativa dos impactos no entorno da obra).

Conforme observou a gerente de Gás Natural da Arsal, Clara Alves, não foram detectadas irregularidades ou não-conformidades na construção.

O serviço de distribuição de gás canalizado realizado pela Algás possui uma rede de 500,34 Km e atende 9.610 unidades consumidoras (nos segmentos residencial, comercial, industrial, automotivo e cogeração), nos municípios de Maceió, Rio Largo, Santa Luzia do Norte, Pilar, Marechal Deodoro, Atalaia, Penedo e Satuba.

Para denúncias, reclamações ou sugestões, os usuários do gás natural podem ligar gratuitamente para a Ouvidoria da Arsal: 0800-284-0429, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h; comparecer à sede da Agência (Rua Cincinato Pinto, Edf. Ipaseal, 226, Centro, Maceió); ou acessar a página eletrônica www.arsal.al.gov.br e clicar no banner “Ouvidoria Online”.