25dffa9e 6687 44bc 8167 224be0178253

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam em flagrante, durante a tarde desta quarta-feira (7), um caminhoneiro acusado de corrupção ativa. Segundo a PRF, para fugir da fiscalização, o motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro e ofereceu R$100 aos policiais. O caso aconteceu no município de São Sebastião, região sul do estado de Alagoas.

O acusado, de 52 anos, dirigia um caminhão modelo Iveco/ Stralis com placa de Curitiba/PR. O motorista tinha sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste de etilômetro porque, segundo ele, havia bebido no dia anterior. Durante consultas e fiscalização, os policiais solicitaram alguns documentos ao motorista, que ofereceu dinheiro para seguir viagem.

O caminhoneiro foi preso em flagrante por corrupção ativa e encaminhado à Delegacia de São Sebastião.

MAIS PRISÕES

Ainda de acordo com a PRF, mais duas pessoas foram presas em trechos distintos da BR 101 no mesmo dia. Uma por uso de documento falso e outra por porte ilegal de arma de fogo.

A primeira prisão ocorreu quando policiais rodoviários federais pararam um Fiat/ Ducato, placa de Arapiraca/AL, que fazia transporte de passageiros. O motorista, de 46 anos, teria apresentado toda a documentação solicitada pelos policiais e afirmou que fazia a linha Arapiraca/AL - Propriá/SE há oito anos.

Ao fazer a consulta dos documentos apresentados, os policiais descobriram que o Certificado do Curso de Transporte de Passageiros, obrigatório para motoristas que trabalham com transporte de passageiros, era falso. O homem confessou que havia pago R$300 pelo documento. Ele foi preso e encaminhado a Delegacia de Polícia Civil da cidade por uso de documento falso.

Já no fim da tarde, por volta das 18h, outra equipe de PRFs fiscalizava a BR101, em frente a Unidade Operacional de Polícia (UOP) de São Miguel dos Campos. Os policiais pararam uma motocicleta Honda/ XR 250 Tornado, placa de Maceió. Eles notaram que o condutor levava algo na linha de sua cintura e ao fazer a revista encontraram uma pistola Taurus .380 com 14 munições.

O homem, de 29 anos, não possuía porte de arma e foi preso em flagrante.

*Com PRF