Facebook 4dfae76c 9666 43ee 86e7 72cf864eb947 Dona Ceci: a "guerreira" que marcou história entre os atalaienses

Uma das mais tradicionais famílias política de Alagoas está de luto desde o último sábado. Trata-se de dona Ceci, mãe do prefeito Chico Vigário da cidade de Atalaia, esse descendente do saudoso Luiz Vigário, o prefeito atalaiense que nos anos 70, peitou a ditadura; sobretudo adotando um ousado estilo de oposição, que raramente se via na época no Estado, onde as denúncias contra o regime militar eram uma constante no seu dia a dia. Pois bem, no sábado, aos 87 anos, a matriarca da família, dona Ceci, tida como a grande  “guerreira” do grupo familiar, partiu para o outro mundo; deixando um clima de muita comoção em toda Atalaia.

Entre tantas mensagens de sentimentos publicadas nas redes sociais, agente selecionou o da filha, Tâmara que fez um breve histórico daquela que até há poucos dias; apesar da elevada idade, estava lúcida se divertindo entre todos da casa, nos mais diversos eventos ocasionais.  

Acompanhe na íntegra o texto abaixo...  

No último sábado pedindo forças a Deus para suportar a ausência física da nossa matriarca, ela que nos seus 87 anos bem vividos nos deixa com um grande legado: coragem, dinamismo, força, humildade, confiança, honradez... são esses entre outros exemplos que ela nos deixou e nós temos essa grande missão; honrar o nome da nossa família a quem ela sempre honrou.

Ficou viúva muito nova, mas com galhardia conduziu a todos nós filhos sempre com seu pulso forte, onde a última palavra era a dela e nos mostrava e falava sempre em nosso pai Luiz Vigário, que perdemos no auge da nossa juventude, mas ela nunca deixou que a gente esquecesse e apagasse dos nossos corações o amor e o orgulho que sentimos pelo nosso pai.

É muito doloroso esse momento que com certeza é esperado por todos nós; mas ficará em nós filhos, netos, bisnetos, noras, genros, sobrinhos, parentes e amigos a eterna lembrança da força da mulher Ceci Vigário, que nos deixou com muita honra como viveu, sua passagem para o plano espiritual foi de muita luz.

Seu sepultamento foi acompanhado durante o cortejo em silêncio na dor da perda material e em oração pelo espírito que se encontra agora ao lado do Pai. Saudades mãe, muita saudade das nossas idas e vindas, dos encontros, dos desencontros, das alegrias, das tristezas, das discórdias, das diferenças. Saudades de tudo pensei que seria menos doloroso; pois tivemos o grande privilégio de tê-la por muitos anos; anos que foram poucos para nós.