Foto: Assessoria Fe3a7652 46e8 4a41 bb6f 3ccff5249466 Antônio Gouveia

O Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) abriu investigação para apurar as denúncias de agressões praticadas por policiais militares. Um dos casos é o do jovem de 17 anos que a família denunciou a “tortura por policiais militares” em frente à residência da família, no bairro da Ponta Verde, durante as prévias carnavalescas ocorridas no último sábado (3), na Orla de Maceió.

De acordo com o presidente do Conseg Antônio Gouveia, algumas medidas administrativas já foram adotadas para investigar o caso com bastante rigor e transparência. A Corregedoria da Polícia Militar foi convidada a participar do processo.

Leia mais:  Mãe denuncia agressão contra filho por policiais do Bope durante prévias carnavalescas

Gouveia colocou que irá convocar a Comissão dos Direitos Humanos da OAB para integrar as investigações e o Comando da PM já foi oficiado para identificar quem estava de plantão naquele dia.

O outro caso é do jovem Humberto Thiago de Araujo Neto, 20 anos, que a família afirma te sido levado por homens encapuzados, que receberam o apoio de uma guarnição da PM. 

Apesar das denúncias, a Polícia Militar disse que ainda não foi comunicada oficial sobre o caso e que não se pronunciará neste momento.