Ascom/ALE/Arquivo E95198d8 f447 4900 b591 08e1f0aa7507 Plenário da ALE

Logo depois do carnaval, na quinta-feira, 15 de fevereiro, a Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) e a Câmara Municipal de Maceió (CMM) iniciam, em sessões solenes, os trabalhos legislativos do ano.

Na ALE, o governador Renan Filho (PMDB) ou algum representante deve fazer a leitura da mensagem do Executivo para 2018. Na Câmara, o mesmo deve ser feito pelo prefeito Rui Palmeira (PSDB).

No ano passado, ambos compareceram às respectivas casas legislativas, cujas sessões ordinárias e reuniões das comissões permanentes só serão retomadas na terça-feira, 20.

Tanto na Casa de Tavares Bastos quanto na Casa de Mário Guimarães, os trabalhos devem começar com a apreciação, nas comissões e, em seguida, em plenário, de vetos do governador e do prefeito a vários projetos de lei – a maioria de autoria dos próprios deputados e vereadores.

Na ALE, constam na pauta cerca de dez vetos parciais e totais. Na Câmara, devem ser apreciados, entre outros, os vetos à proposta que dispõe sobre a proibição da instalação de catracas elevadas nos ônibus urbanos e ao PL que antecipa o feriado escolar do Dia dos Professores, 15 de outubro, para a sexta-feira anterior, quando a data cair no sábado ou domingo. Ambos são de autoria do vereador Silvânio Barbosa (PMDB).