Foto: Reprodução / Internet 62fb6ed5 6a9a 499c ac1f 0df948a98bbb Senador Fernando Collor

O senador Fernando Collor de Mello (PTC) tem feito um clima de suspense em relação ao seu próximo pronunciamento no Senado Federal, que será amanhã, dia 06, a partir das 14 horas. 

Diz o senador em redes sociais: “Eu vou falar à nação da tribuna do Senado da República”. Ué, mas todo o pronunciamento na tribuna daquela Casa, feito por qualquer senador, não tem este sentido? Dirigir-se à nação. 

O que Collor pretende então na busca de atrair tantos holofotes para sua presença no Senado Federal nesta semana? O “suspense” criado pelo próprio senador entra em cena depois que ele anunciou sua pré-candidatura à presidência da República; e após pesquisas eleitorais trazerem seu nome. 

Será que Collor quer aproveitar o espaço para falar de sua pré-campanha e, mais uma vez, se lançar candidato à presidente da República. Afinal, as regras para o uso da palavra estão postos no Regimento Interno do Senado Federal. 

Trata-se do artigo 14 que disciplina o “uso da palavra” nos cento e vinte minutos que antecedem a Ordem do Dia, podendo o senado usar 10 minutos nas sessões deliberativas e 20 minutos nas sessões não deliberativas. Vale salientar que é “vedado ao orador tratar de assunto estranho à finalidade do dispositivo em que se baseia para a concessão da palavra”. 

Bem, Collor conseguiu criar um clima de suspense...é esperar o que tem a dizer. 

Estou no twitter: @lulavilar