Foto: Assessoria 39a1fffa 6690 4a4a 950c 3dc184082371

Ao som de marchinhas de Carnaval e de muito frevo, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) levou ao Jaraguá Folia, na noite desta sexta-feira (2), a importância da doação voluntária de sangue. Unindo doadores, pacientes acometidos por doenças hematológicas e servidores do órgão, o tradicional Bloco Hemovida desfilou pela Avenida da Paz, em Maceió, mostrando que solidariedade rima com alegria.

A ação foi o ápice da Campanha de Doação de Sangue promovida pelo Hemoal e o Hemocentro Regional de Arapiraca (Hemoar), iniciada na última segunda-feira (29). Durante a semana, os doadores de sangue receberam uma camisa para participar do bloco, que tem como intuito alertar e conscientizar os alagoanos sobre a relevância da doação voluntária, cujo gesto pode salvar até quatro vidas.

Isso porque, segundo a assistente social do Hemoal, Maria das Graças Padilha, apenas 2% dos alagoanos, com idade entre 16 a 69 anos de idade, são doadores regulares. “Por isso, o Bloco Hemovida tem uma grande relevância social, uma vez que, durante a festa mais popular do Brasil, levamos às ruas a importância da doação de sangue, pois necessitaríamos que pelo menos 3% da população doasse permanentemente”, justificou.

Exemplo – Entre os alagoanos que já seguem este exemplo, está o professor José Bosco Monteiro, 43 anos, que é doador voluntário desde os 26. “Comecei a doar em meio à dor de ver minha mãe precisar de sangue. Desde então eu entendi o quanto é importante ser doador fidelizado. Com isso, pelo menos duas vezes ao ano eu vou ao Hemoal e saiu de lá sentindo a melhor sensação do mundo”, testemunhou.

Onde Doar – Em Alagoas as doações de sangue podem ser realizadas na sede do Hemoal Trapiche, situada na Rua Dr. Jorge de Lima, próximo ao Estádio Rei Pelé. O órgão funciona das 7h às 18h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 17h, aos sábados.

É possível se candidatar à doação de sangue também no Hemoal Farol, situado no Hospital do Açúcar. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h. No interior, as doações podem ocorrer no Hemoar, localizado na Rua Dr. Geraldo Barbosa, no Centro de Arapiraca, sempre de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h30.

Para Doar – De acordo com portaria do Ministério da Saúde (MS), para doar sangue é imprescindível que o voluntário tenha boa saúde, idade entre 16 e 69 anos e no mínimo 50 kg. Os menores de 18 anos devem estar acompanhados dos pais e portando um documento de identificação oficial e original deles.

O voluntário não pode ter contraído doença de Chagas, Aids, sífilis e hepatite após os 11 anos. Com relação aos doadores que irão repetir o procedimento, estipula-se um intervalo de dois meses para os homens e três para as mulheres. Quanto às gestantes e lactantes, não é permitida a doação.