C44e7e69 3a9e 475b ada3 5c5d9ed3bbd1

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) coordenou mais uma ação de fiscalização para combater o furto de água e outras irregularidades. Desta vez, a operação ocorreu nos bairros da Pajuçara e Ponta da Terra, em Maceió, nesta quinta-feira (01). Ao todo, 10 equipes da Unidade de Negócio Jaraguá percorreram 500 imóveis.

Durante o trabalho, foram encontradas seis religações clandestinas e três by pass (o famoso “gato”). Os clientes foram autuados, multados e as ligações foram suspensas temporariamente até que eles procurem a Companhia para se regularizar.

Também ocorreram cinco cortes por débitos e 23 hidrômetros foram substituídos, por estarem com algum dano. “Toda essa ação faz parte de nosso Programa de Combate a Perdas. Definimos 2018 como o ano de combate a perdas, por isso, estamos intensificando esse tipo de atividade e realizando outras, que objetivam encontrar vazamentos visíveis e não visíveis e normalizar a pressão das redes”, pontuou o vice-presidente de Gestão Operacional da Companhia, Francisco Beltrão.

Durante a atividade desta quinta-feira (01), os clientes flagrados com alguma irregularidade, bem como outros que não foram alvo da operação, buscaram atendimento num posto móvel instalado pela Casal na rua Ana Nery, na Ponta da Terra. Na mesma hora eles puderam tirar dúvidas, fazer mudança de titularidade da fatura ou até pagar a multa em virtude de alguma irregularidade no consumo.

“O trabalho continua e outras ações serão realizadas, tanto na capital quanto no interior. Por isso, quem possuir alguma situação anormal, é bom que procure a Companhia para se regularizar, pois pode em breve ser alvo de nossas operações”, finalizou o vice-presidente Francisco Beltrão.