Foto: Assessoria Fe3a7652 46e8 4a41 bb6f 3ccff5249466 Antônio Gouveia

Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) cruzaram os braços nesta quinta-feira (01) dando início a uma paralisação por tempo indeterminado. A greve acontece após uma decisão em assembleia geral.

Em nota, o presidente do órgão estadual, Antonio Gouveia, afirmou que respeita “o direito à livre expressão do quadro de funcionários do Detran/AL, mas reforça que a paralisação desta quinta-feira, se torna descabida e desproporcional, tendo em vista que as conquistas da categoria podem ser alcançadas através do diálogo”.

Os servidores alegam que a paralisação é necessária por não terem conseguido avanço nas negociações com o Governo do Estado sobre a sua pauta de reivindicação.

“A presidência solicita ao sindicato dos servidores do órgão, que reavalie a paralisação para não causar prejuízos aos usuários que desejam resolver pendências ligadas ao órgão, muito menos negar acesso às dependências das estruturas da autarquia, aos servidores e colaboradores que desejam exercer suas funções”, diz outro trecho da nota.

Com a greve,  alguns serviços do órgão foram afetados.

ATENDIMENTO AOS USUÁRIOS

Os usuários que possuem agendamentos de serviços e que por ventura da paralisação não sejam realizados,  a direção salienta que não será necessário pagar uma nova taxa do serviço e o atendimento será feito posteriormente, em caráter de urgência em uma nova data que será divulgada.  Em caso de dúvidas ou mais informações os usuários deverão acessar o sitewww.detran.al.gov.br.