Assessoria/ALE 9ac730bc cd2b 4f71 ac70 ef06368ea656 Dudu quer que emissoras transmitam sessões

Um projeto de iniciativa do deputado estadual Dudu Hollanda (PSD) quer tornar obrigatória a transmissão de um trecho das sessões da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) pelas rádios oficiais do Estado. A proposta aguarda parecer na Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

Segundo a assessoria de comunicação da ALE, o intuito do projeto é o de tentar estreitar a relação entre o Poder Legislativo e a população alagoana a fim de levar ao ar, pelas emissoras chamadas ‘oficiais’, parte dos debates, apresentação de projetos e votações que ocorrem na Casa de Tavares Bastos. 

A proposta do deputado Dudu Hollanda aguarda o parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa para entrar na pauta de votação, ainda sem prazo determinado.   

Transmissão obrigatória

Se aprovado e sancionado pelo governador Renan Filho (MDB) vai tornar obrigatória transmissão de um ‘compacto’ das sessões do parlamento alagoano pelas emissoras de radiodifusão oficiais do Estado: Rádio Difusora e Educativa FM, pertencentes ao Instituto Zumbi dos Palmares (IZP).

De acordo com o texto, o programa será produzido pela Diretoria de Comunicação da Casa e deve ir ao ar diariamente, exceto aos sábados, domingos e feriados, a partir das 20h. Ainda não está definido o tempo de cada programa, mas inicialmente ele poderia ter 30 minutos de duração. 

Por sua vez, a Rádio Assembleia vai veicular informações sobre as principais ações dos parlamentares, seus debates e proposições, seja durante as sessões ordinárias e extraordinárias, especiais e solenes, seja nas discussões oriundas das comissões técnicas e reuniões com os mais diversos segmentos sociais.

“É mais uma iniciativa que fortalece a comunicação com o público alagoano, integrando os muitos canais de informação já disponíveis no Poder, como site oficial, a Revista Parlamento Alagoas, além do Facebook, Instagram, Twitter e a própria TV Assembleia”, justifica o deputado.