F2ebdd90 f96b 40d7 8c35 4597595aee03 Rui Palmeira e Renan filho

Se o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), realmente se candidatar ao governo do Estado de Alagoas como já especulam seus principais aliados, o principal “cabo eleitoral” de Rui será o mesmo do atual governador Renan Filho (PMDB): a boa avaliação de suas administrações. 

No mais são explorar pontos que envolvem os candidatos. Um deles: as relações políticas que um e outro possuem com nomes controversos do cenário local e nacional. 

De acordo com a mais recente pesquisa eleitoral, divulgada pelo CadaMinuto e realizada pelo Instituto TDL, Renan Filho tem uma considerável vantagem em relação ao possível rival: o peemedebista aparece com 45% das intenções votos. Rui Palmeira é o segundo colocado com 12%. 

É claro que uma pesquisa eleitoral é um retrato de momento. O quadro pode mudar com o decorrer dos acontecimentos e da própria campanha, mas é de se considerar a vantagem de Renan Filho e, se real e confirmada por outras pesquisas, pode influenciar na decisão de Rui Palmeira deixar ou não a Prefeitura de Maceió para concorrer ao governo. 

Um dado da pesquisa que chama atenção é o número de indecisos: 15%. Se somados aos de brancos e nulos (15%), eis que temos mais de 30% da população que não se enxerga nos principais nomes que aí se encontram. 

Carro-chefe

Mas, na disputa entre o grupo liderado pelo PSDB e o PMDB, os carros-chefes serão as administrações estadual e municipal. É que tanto Rui Palmeira quanto Renan Filho possuem bons índices de aprovação. Quase um empate técnico: o tucano é aprovado por 55% da população. Já Renan Filho obteve 58%. 

Apesar de ser uma boa notícia para Rui Palmeira, é melhor ainda para Renan Filho já que pode chegar ao pleito com poucos desgastes em seu governo, o que é diferente de ter desgastes em função das relações políticas. E isto vale tanto para um pré-candidato quanto para o outro. 
Agora, é de se sentir falta de um ponto na pesquisa feita pelo TDL: os índices de rejeição dos candidatos postos. Sim, eles fazem falta a qualquer análise. Seria interessante que, caso havendo, estes índices fossem divulgados. 
 

Estou no twitter: @lulavilar