Eddc516e fa33 4a22 a1dd 86c8ec81f4bd

Atendendo a uma proposta feita pelo Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL), por meio do Procurador-Geral de Justiça, Alfredo Gaspar, e seguindo a Lei Nacional nº 12.305/10, que determina que todos os municípios do Brasil encerrem os lixões a céu aberto, o prefeito Celino Rocha, assinou um Termo de Ajustamento de Conduta que tem por objetivo, solucionar os problemas da destinação dos resíduos sólidos de Anadia.

 

Para o gestor, com a assinatura do TAC, a cidade vive um ponto chave de transição no que diz respeito à destinação dos resíduos, uma total mudança de rota, que vai cessar o crescimento do passivo ambiental acumulado ao longo de décadas no lixão. "Com a destinação dos resíduos para um aterro sanitário, entraremos em uma nova era para o meio-ambiente e para a educação ambiental do nosso município. É um processo gradual, e também, de conscientização coletiva da população em relação à separação e destinação adequada dos seus resíduos domésticos", destacou.