Foto: Ascom PC/AL E07da621 912d 4506 ac00 a5eb17bec7e0 Arnóbio Henrique Melo matou ex-companheira Joana Mendes

O pedido de conversão da prisão preventiva em prisão domiciliar de Arnóbio Henrique Cavalcante Melo que assassinou com 30 facadas a professora Joana de Oliveira Mendes, 34 anos, foi negado pelo juiz Sóstenes Alex, da 7ª Vara Criminal da Capital.

De acordo com o despacho, a defesa de Arnóbio alegou que familiares do acusado informaram que Arnóbio não está recebendo assistência médica especializada, conforme foi determinado pela Justiça e que o estado de saúde dele se agravou.

O magistrado disse que “os motivos que levaram à segregação cautelar permanecem inalterados” e que por este motivo, mantém a prisão do réu. Mas, o juiz intimou o secretário de Ressocialização do Estado de Alagoas para que medidas sejam adotadas e seja concedida a Arnóbio a assistência requerida pela defesa.

O crime

Joana havia terminado o relacionamento com o acusado e tinha decidido ir embora de Maceió. Arnóbio, teria entrado em contato com ela pelo telefone e a chamado para conversar amigavelmente. Joana foi ao encontro do acusado que a esfaqueou dentro de um veículo que estava localizado em um trecho da Travessa Sargento Benevides, no bairro do Santo Eduardo. 

"Ele a deixou dentro de um carro sangrando, isso não se faz nem com um animal, mas ele quis acabar com a vida dela", informou a advogada Andreia Alfama.

"Na audiência, disseram que os cortes dados na Joana eram superficiais e que foi utilizada uma faca de mesa. Se você faz a análise, a faca tinha 30 cm. Quando a faca foi encontrada, a lâmina estava com a ponta quebrada, então foi um empenho de tanta força, violência e brutalidade que a própria faca quebrou e o velório precisou ser de caixão fechado", ressaltou a advogada.

"A Joana ficou desfigurada, então não me venha falar que foram cortes superficiais, o lado direito da cabeça dela foi solta e uma das facadas atingiu o olho que ficou pendurado. Como pode alguém dizer que foram cortes superficiais?", indagou Andreia.