Foto: Redes Socias 0261ad0b 3676 4db8 a39b de0ea2d55326 Reinaldo Reis

Foi encontrado morto na manhã deste domingo, 31, o artista Reinaldo Reis. O corpo estava dentro do banheiro de sua residência, no Conjunto Parque dos Caetés, no bairro do Benedito Bentes, parte alta de Maceió. Ele era homossexual e sua morte é o 23º caso registrado esse ano no Estado.

De acordo com informações policiais, Reinaldo estava sumido há cerca de quatro dias. Na manhã deste domingo, uma vizinha acionou a polícia após sentir um mau cheiro no local. Ela arrombou a porta da casa e encontrou o corpo do artista caído no banheiro com um corte no pescoço.

A Polícia Militar foi acionada, assim como o Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto Médico Legal (IML).

A notícia da morte do artista causou comoção nas redes sociais, principalmente entre a comunidade LGBT. Ele era homossexual e dava vida à personagem Adrielly Reys.

Reinaldo Reis entrou para a triste estatística de assassinatos de homossexuais em Alagoas, sua morte aumentou os números para 23 casos só em 2017.

O presidente do Grupo Gay de Alagoas, Nildo Correia, lamentou a morte de Reinaldo por meio de nota nas redes sociais. Confira abaixo:

23* LGBTI+ ASSASSINADO EM AL - 2017:

É com pesar que o Grupo Gay de Alagoas - GGAL comunica sobre a morte do artista Reinaldo Reis, idealizador da personagem Adrielly Reys.

Reinaldo estava desaparecido há 4 dias, e na manhã de hoje foi encontrado degolado, no banheiro de sua residência, localizada no conjunto residencial Parque dos Caetés - Benedito Bentes.

Reinaldo Reis nos deixa um legado de muita sabedoria e riqueza cultural.

Adrielly que brilhou em muitos palcos de Alagoas e fora do país, a partir de agora brilhará e abrilhantará junto a outras estrelas em outras constelações.

Att,
Nildo Correia - Pres. do Grupo Gay de Alagoas - GGAL"