E94165df 5793 46bd aacf 3c64f083bbb6

O Movimento Nacional da População de Rua  realizou,na sexta-feira,29/12,  ato ecumênico na Catedral Metropolitana de Maceió, e o lançamento do  manifesto em defesa da vida da População de Rua , em Alagoas.
 Só em 2017, 41 moradores foram mortos impunemente na capital alagoana. É  como se fosse  a volta do eugenismo social e a sociedade se cala.
O movimento Nacional da População de Rua repudia qualque ato de violência contra NÓS.
Nós existimos. Somos gente!
 Chega de violência contra  a População de Rua, e que as autoridades e as  políticas públicas nos ouçam. Nada pra nós sem nós
Pedimos as autoridades  que unam suas forças para que haja paz nas ruas de Maceió Alagoas 
Justiça igualitária  é que clamamos.
A morte dos moradores de rua, em Alagoas, é eugenismo social?