Foto: Agência Alagoas C7c125e5 73c3 454d a2ba c2dfc4153049

O primeiro bloco do Hospital Metropolitano, localizado na Avenida Menino Marcelo, próximo ao Detran, na parte alta de Maceió, terá sua estrutura concluída em março de 2018. A previsão foi passada ao governador Renan Filho pelos responsáveis pelo projeto, durante visita ao canteiro de obras nesta sexta-feira (29).

O quarto piso da estrutura já foi iniciado e as dimensões da obra começam a chamar a atenção de quem passa pelo local. De acordo com o governador Renan Filho, o bloco em construção terá seis pavimentos.

“A obra está subindo. Hoje, 160 pessoas estão trabalhando nesta que é a maior realização em saúde pública da história de Alagoas. Em janeiro vamos contratar mais 100 pessoas para intensificar os trabalhos. Até o mês de março estaremos com essa estrutura pronta. O Hospital Metropolitano começa a ganhar forma para que, daqui a alguns meses, se transforme no maior equipamento de saúde do Estado para tratar o povo alagoano”, disse Renan Filho.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, que acompanhou o governador Renan Filho na visita de inspeção, quando concluído, o Hospital Metropolitano vai oferecer 180 leitos e possibilitar o atendimento em todas as especialidades clínicas.

“Esse é o maior investimento em saúde já feito na história de Alagoas. São R$ 64 milhões aplicados aqui no Benedito Bentes. As obras estão bem avançadas para que agora, em 2018, possamos ter o maior hospital de Alagoas inaugurado e atendendo à população, principalmente da parte alta de Maceió, mas, também, de vários municípios do interior do Estado, o que vai desafogar bastante o atendimento no Hospital Geral do Estado, no bairro do Trapiche da Barra”, disse Teixeira.

Viaduto da PRF

Após a visita ao Hospital Metropolitano, o governador Renan Filho, acompanhado do secretário Christian Teixeira, do deputado estadual Galba Novaes e dos vereadores por Maceió Silvânio Barbosa e Sílvio Camelo percorreram os canteiros de obras do viaduto da Polícia Rodoviária Federal, também no Benedito Bentes, do Complexo de Delegacias Especializadas, em Bebedouro, e do Hospital da Mulher, no bairro do Poço.

Com ordem de serviço assinada, o viaduto da PRF será a maior obra recente de mobilidade urbana na capital alagoana. De acordo com o governador Renan Filho, o projeto já conta com R$ 64 milhões em caixa para sua execução.

“O Ministério dos Transportes já transferiu R$ 46 milhões para o Estado e nós já tínhamos mais de R$ 17 milhões, então já são quase R$ 64 milhões. Esse recurso já garante quase 100% da obra. Ou seja, ela não vai sofrer interrupção por falta de recurso público. É uma obra fundamental para Maceió, que começa a sair do papel”, disse Renan Filho.

Complexo de Delegacias

Praticamente concluído, o Complexo de Delegacias Especializadas deve ser inaugurado já em janeiro de 2018. “Aqui vão funcionar as delegacias de Combate ao Narcotráfico e de Homicídios. Será um ambiente totalmente climatizado, com sistema independente de energia elétrico, portão eletrônico e toda a estrutura para a investigação especializada. Estão faltando poucas coisas, como a fiação e os forros, mas, em janeiro, vamos inaugurar esse prédio, que dá início a um novo patamar para as delegacias alagoanas”, disse Renan Filho.

O Hospital da Mulher, cuja estrutura de sete andares já foi concluída, também está em fase de acabamento. “No primeiro semestre de 2018, a mulher alagoana poderá contar com o atendimento específico em todas as áreas. Isso nos dá uma satisfação muito grande. Ver a alegria no olhar das mulheres alagoanas mostra que o Governo de Alagoas está caminhando no rumo certo”, avaliou o secretário Christian Teixeira.

Praticamente concluído, o Complexo de Delegacias Especializadas deve ser inaugurado já em janeiro de 2018. “Aqui vão funcionar as delegacias de Combate ao Narcotráfico e de Homicídios. Será um ambiente totalmente climatizado, com sistema independente de energia elétrico, portão eletrônico e toda a estrutura para a investigação especializada. Estão faltando poucas coisas, como a fiação e os forros, mas, em janeiro, vamos inaugurar esse prédio, que dá início a um novo patamar para as delegacias alagoanas”, disse Renan Filho.

O governador Renan Filho destacou ainda a abertura de postos de trabalho a partir dos investimentos do Governo de Alagoas em obras nas diversas áreas de atuação, minimizando os efeitos da crise vivenciada em todo o país.

“O Estado de Alagoas vem agindo em várias frentes para minimizar os efeitos da crise, fazendo investimentos que geram empregos. No Hospital Metropolitano, nós temos 160 pessoas trabalhando em três turnos e, a partir de janeiro, mais 100 pessoas terão empregos aqui. Ao gerar emprego na construção de hospitais, de escolas em tempo integral, de Centros Integrados de Segurança Pública, de delegacias, na construção de novas rodovias, duplicações, recuperações, o Estado substitui um pouco daqueles empregos que foram perdidos para a crise. Por isso, Alagoas começa a respirar outros ares”, concluiu Renan Filho.