9919d0bc 00db 4461 83c1 200c5375d561 Eixo Viário Cepa

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) determinou a paralisação das obras do eixo viária Cepa depois de constatar irregularidades durante uma vistoria nas obras.

Os técnicos detectaram o desmatamento ilegal de árvores e afirmaram que a obra não seguiu a rota prevista no projeto. Em entrevista TV Gazeta, o superintendente do Ibama em Alagoas, Mário Daniel Sarmento afirmou que o tamanho do desmatamento foi referente a três campos de futebol, totalmente diferente do que havia sido aprovado.

Segundo ele, o processo precisou ser enviado a Brasília depois que a Secretaria de Estado de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand) recorreu da decisão e o processo foi encaminhado a Brasília.

Em contrapartida, a Setrand informou que os dados do Ibama divergem dos dados apresentes pela secretaria, que está adotando todas as medidas necessárias. O processo foi encaminhado ao Ministério Público Federal (MPF).

A obra

A obra tem início no Ibama, na Durval de Góes Monteiro, e cortará todo um espaço que é ocupado por áreas verdes e residências.

Partindo do Ibama, as vias passarão pelo Hospital Sanatório, Conjunto Divaldo Suruagy no Pinheiro, vai utilizar um espaço do Hospital Portugal Ramalho, do CEPA e será finalizado na Avenida Fernandes Lima.