O deputado Rodrigo Cunha apresentou ao Orçamento Estadual para 2018, uma emenda na qual destina recursos para garantir a instituição de projeto de lei que tem como finalidade a criação de um programa de educação política nas escolas da rede pública do Estado.

De acordo com o parlamentar, a emenda teve como estímulo o programa “Fale, Educação!”, de iniciativa do Ministério Público Estadual (MPE), em parceria com o Legislativo alagoano, onde estudantes de escolas públicas visitavam a Assembleia, conheciam a casa, recebiam informações sobre os trabalhos pelos próprios deputados e assistiam à sessão.


Na avaliação do deputado, o Poder Legislativo deve mostrar para a população que a política não tem apenas o lado ruim. “Temos que mostrar o lado bom da política para esses jovens, para que eles se sintam estimulados”, observou Rodrigo Cunha, acrescentando que elaborou um programa de educação política, diferenciado daquilo que é proposto pelo “Fale, Educação!”. “Com o intuito dessa Casa sair na vanguarda, dar exemplos e conseguir fazer com que os outros Poderes se somem num trabalho digno de cidadania e de respeito ao povo alagoano. Quando falamos sobre política estamos falando sobre escolhas de pessoas conscientes, para que não venhamos a bater recordes de votos nulos, brancos e abstenções”, ressaltou Cunha.


De acordo com ele, o projeto de educação política nas escolas públicas visa escolher jovens estudantes com o objetivo de torná-los multiplicadores, capacitados por uma equipe técnica no intuito de levar cidadania para as salas de aula. “Devemos sim falar sobre política dentro das escolas, não tenho dúvidas disso, mas uma política apartidária, cidadã e respeitosa dos dois lados”, observou Rodrigo.