Foto: Cortesia E19cd0a7 e2a7 4325 b772 b5836d315f0e Veículo carbonizado

O veículo Ranger encontrado num canavial na tarde desta quarta-feira, dia 27, pode ser do agropecuarista Cristovão Rodrigues, desaparecido há mais de quatro meses, informou o tenente Evelino Mesquita, do 8º Batalhão de Polícia Militar. No veículo também foi encontrado um corpo carbonizado com ferimento a bala na região da cabeça.

Segundo o militar “há possibilidade de que o corpo seja do agropecuarista haja visto que a placa do veículo QLB 1274 é a mesma do carro que estava Cristóvão quando desapareceu”.

De acordo com o tenente, o carro foi encontrado por cortadores de cana, que trabalhavam em um canavial próximo à cidade de Pilar. Objetos que pertenciam ao agropecuarista também foram encontrados no automóvel. Segundo um parente da vítima o cordão e o relógio que estavam no local pertenciam a Cristóvão.

Equipes do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (IC) foram acionadas para realizar os procedimentos padrão.

O caso

Desde o dia 03 de agosto, familiares e amigos do agropecuarista, Cristóvão Rodrigues, de 61 anos, sem notícias iniciaram buscas do paradeiro dele e pedem ajuda para encontrá-lo. Cristóvão foi visto pela última vez quando voltava da cidade de Murici com destino para Maceió.

De acordo com o filho do agropecuarista, Cristiano Rodrigues, a família registrou o Boletim de Ocorrência (BO) no dia 07 de agosto. “Notamos que tinha algo estranho porque ele não tinha retornado da fazenda que tinha ido no dia 03 deste mês, mas ele sempre ia para lá e como no local não há sinal de telefone, achamos que ele ainda continuava na fazenda”, comentou.

*Estagiária