Foto: Agência Câmara/Arquivo 651c545c f209 433c a80a fd3099cf47e0 João Lyra

João Lyra deve pagar aos mais de 13 mil ex-funcionários do Grupo JL após se desfazer das duas usinas sediadas em Minas Gerais em leilão realizado neste mês e ter vencido uma disputa na Justiça.

Com a soma dos valores dos leilões juntamente com a conquista na Justiça, todos os débitos devem ser pagos em negociações que devem ocorrer nos próximos meses. Anteriormente, o mesmo ocorreu com a negociação com funcionários do LUG Táxi Aéreo e que foi homologada juntamente ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

No dia 5 de dezembro, a Usina Vale do Paranaíba, de Capinópolis, pertencente à Massa Falida da Laginha Agroindustrial S/A, do Grupo João Lyra, foi vendida por R$ 206.358.000 pelo Grupo Japungu.

Dois dias depois, a Usina Triálcool, localizada em Canápolis, no Triângulo Mineiro, foi leiloada por R$ 133.826.220 e comprada pela Companhia Mineira de Açúcar e Álcool (CMAA).