Foto: Secom 035495d4 d431 441a 82e3 6c4fb483a705 Rui Palmeira

O prefeito Rui Palmeira (PSDB) criticou duramente o Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE) e afirmou que o órgão técnico vem se utilizando de movimentos baixos para atrapalhar a vida do povo de Maceió. O gestor participou na manhã desta sexta-feira (22) da vistoria das obras do Pam Salgadinho, em Maceió, e desabafou sobre a demora de uma certidão que deveria ter sido expedida pelo TCE para que Maceió receba R$ 400 milhões.

Palmeira rasgou o verbo e disse que vem lutando por dois empréstimos que melhorariam a vida do povo maceioense. “Nós temos o de frente com a lagoa que é um pacote de investimentos com o banco BIG que é para a orla lagunar que melhoraria a habitação, pavimentação e a qualidade de vida, e temos o Nova Maceió que atenderia diversos bairros como o da Santa Lúcia, Gama Lins, Riacho Doce, Garça Torta”, disse.

“Lamentavelmente, os dois empréstimos estão presos no tesouro nacional aguardando há mais de 80 dias por uma certidão do TCE. A presidência, de forma deliberada vem prejudicando a população”, ressaltou o prefeito.

Rui enfatizou que esteve há 30 dias com a presidente do TCE, Rosa Albuquerque, mas garantiu que quem manda na presidência é o deputado Antônio Albuquerque que, segundo Palmeira, por questões políticas, ainda não liberou a certidão.

“É uma certidão simples, só precisamos da assinatura da presidente e que ela diga que Maceió está apta no ponto de vista fiscal para que a gente mande para o Senado. Mas a Rosa não tem autonomia porque o Antônio Albuquerque manda lá”, ressaltou Rui.

O prefeito disse que supõe que há “gente maior por trás do deputado” e associou a não entrega da certidão, a questões arbitrárias e políticas. “Faz 80 dias que estamos clamando por isso. Vou solicitar um mandado de segurança em face da presidente do TCE para que a certidão, que seria obrigação deles, saia e finalmente Maceió receba os empréstimos”, finalizou.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação do TCE que informou que irá se posicionar sobre o caso. O Cada Minuto tenta contato com o deputado Antônio Albuquerque, mas o telefone dele está desligado.

*estagiária