Agência Alagoas Ea70d0bf 9705 404b 8dc7 f2a159bc0f5b Doação de sangue

Com menos de 40% de sangue em seu estoque o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) está com o nível considerado crítico. Considerando ser este um dos períodos mais críticos devido às festa de final de ano, os servidores do órgão solicitam as doações de qualquer tipo sanguíneo.

Segundo a assessoria de Comunicação do Hemoal, a demanda de doadores voluntários em Maceió e Arapiraca não tem sido suficiente para suprir a carência. Hoje, a unidade dispõe de apenas 36,3% da oferta necessária, que corresponde a 109 bolsas, quando o recomendado pelo Ministério da Saúde seriam 300 bolsas.

“Estamos precisando de doadores voluntários de qualquer tipo sanguinio: A+, B+, AB+, O+, A- e AB-. Todos estão em estado crítico. Por isso, pedimos a solidariedade dos alagoanos, porque o sangue é um remédio que salva vidas, mas não se fabrica artificialmente e não está disponível em farmácias”, apelou a assistente social Débora dos Anjos, do Hemoal.

Durante o período de festas as doações tendem a diminuir, razão pela qual a assistente social considera importante que os doadores se dirijam aos postos de coleta para que a saúde dos pacientes não seja prejudicada pela falta de sangue. Sobretudo neste fim de ano e início de 2018, período em que normalmente ocorre redução na oferta de doações.

Qualquer pessoa a partir de 16 anos pode doar sangue. As exigências do Ministério da Saúde é que o candidato tenha peso igual ou superior a 50 kg, idade entre 16 e 69. Nos postos de doação, apresentar documento de identificação com foto. Menores de 18 anos têm que estar acompanhado dos pais, portando documento de identificação oficial e original.

Pelo protocolo do MS, são impedidos de doar sangue aqueles que tenham contraído hepatite após os 11 anos de idade, além de sífilis, Aids e doença de Chagas. No caso de gestantes e lactantes é proibida a doação e, para repetir o ato solidário, os homens devem respeitar o prazo de dois meses. No caso de mulheres, o prazo aumenta para três meses.

Os voluntários podem fazer a doação em três postos fixos. Em Maceió, no Hemoal Trapiche, localizado na Rua Dr. Jorge de Lima, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h. Também é possível se candidatar à doação de sangue no Hemoal Farol, que funciona no Hospital do Açúcar, e atende de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h.

No interior do Estado, as doações podem ser realizadas no Hemocentro Regional de Arapiraca (Hemoar), situado na Rua Geraldo Barbosa, no Centro da cidade. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

*Com assessoria