E060a588 dd94 4f35 a9ab ac0b33491720

O prefeito de Rio Largo, Gilberto Gonçalves, prestigiou na manhã desta quinta-feira (14) a solenidade de inauguração da nova sede do fórum do município e reforçou a parceria com a justiça alagoana e a atenção aos menos favorecidos.

“Esse momento é muito oportuno, em que Rio Largo recebe uma das mais modernas comarcas, onde deixa para trás um ambiente deficitário. Os Riolarguenses estão de parabéns por mais esse presente. Não medirei esforços para contribuir com a atenção àqueles que mais precisam. Que a Justiça seja feita para sempre em Rio Largo”, disse o prefeito, que ainda solicitou do presidente do Tribunal de Justiça, Otávio Praxedes, a criação da Vara da Fazenda Pública para viabilizar o aumento da receita do município.

Na ocasião, o governador Renan Filho parabenizou o prefeito Gilberto Gonçalves pelo trabalho realizado em Rio Largo e enfatizou o empenho em busca de solucionar problemas históricos do município, ao tempo em que reforçou seu apoio à justiça alagoana e a integração dos poderes.

“Essa nova estrutura trará mais justiça para os alagoanos e, em especial, ao Riolarguense que será respeitado ao buscar respostas às suas necessidades”, reforçou.

Encerrando as falas, o presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), desembargador Otávio Praxedes, reforçou a atenção da comarca com os mais necessitados, contribuindo no aspecto social. “Rio Largo sofreu ao longo do tempo nas mãos dos antigos gestores. Estamos aqui para dar celeridade nos processos em uma estrutura digna de receber as pessoas”, finalizou.

A obra do novo Fórum da Comarca de Rio Largo foi orçada em R$ 4.267.116,11, oriundos de recursos do Fundo Especial de Modernização do Poder Judiciário (Funjuris). Com área total de 2.107,50 m², ele está localizado na rodovia AL 210, Conjunto Bandeirante, no bairro Tabuleiro do Pinto. O prédio vai abrigar as unidades judiciárias da Comarca e vai contar ainda com salas para Ministério Público (MP), Ordem dos Advogados (OAB), Defensoria Pública, salão do Tribunal do Júri, entre outros ambientes.

O evento contou com a presença de diversas autoridades, entre elas, o procurador-geral do Estado, Alfredo Gaspar de Mendonça; presidente do Funjuris, Maurício Breda e o presidente da Almagis, Ney Alcântara.