CadaMinuto - Arquivo 1325784953ferro0003 Cícero Ferro

Com a morte do ex-deputado estadual Cícero Ferro, ocorrida na última sexta-feira, 01, aos 63 anos, em decorrência de uma parada respiratória, a cidade de Minador do Negrão ganha um novo capítulo na política local. 

Sem Cícero Ferro, as disputas eleitorais não terão mais o 'acirramento' eleitoral existente há vários anos entre às famílias Cardoso e Ferro. 

Atualmente, o comando da cidade negrense está nas mãos do grupo político da ex-prefeita Socorro Cardoso (PSDB) que, no ano passado, elegeu o sobrinho Gleysson Cardoso (PMDB) para sucedê-la na Prefeitura. 

Gleysson foi eleito prefeito por maioria do eleitorado da cidade com 1.831 votos (50,10%). 

Pela terceira vez consecutiva, Cardoso derrotou nas urnas o ex-deputado estadual. Ferro também esteve atrás do segundo colocado, o empresário José Aprígio que obteve 1.268 votos (34,69%), e arcou uma derrota de 556 votos (15,21%) ficando na última colocação.  

Socorro Cardoso está sob o domínio do Poder Executivo desde 2008, quando venceu o pleito contra Eladja Ferro (esposa do ex-deputado). Na reeleição, em 2012, a ex-prefeita foi candidata única após Thalita Ferro (PSC), filha de Cícero, renunciar à candidatura  por questões pessoais e problemas de saúde. 

Em Minador do Negrão, Cícero Ferro deixou também um grande número de correligionários e eleitores que continuavam a seguí-lo em pleitos eleitorais.

Contudo, após seu falecimento abriu-se um "vácuo" na política da cidade, principalmente, para os que acreditavam - ainda - no retorno dele (Ferro) ao mandato de deputado estadual. 

Por outro lado, disse um leitor do Blog: "a 'rixa' das famílias Cardoso e Ferro pode não acabar, mas não será tão intensa como era com o ex-deputado que 'peitava' seus inimigos políticos a cada ano eleitoral". 

Será?

Já o domínio do município de Minador do Negrão permanece - ainda mais forte - nas mãos das famílias Cardoso e Barros.  

Redes Sociais: Kleversonlevy  

Email: kleversonlevy@gmail.com