Foto: Ascom CB /AL 62eec51b bdc2 44a3 a4af 04310c0e07bd

O Instituto de Medicina Legal (IML) de Arapiraca divulgou na noite desta sexta-feira, 24, a informação de que foi identificado o corpo de uma das cinco pessoas que morreram carbonizadas no acidente registrado ontem, em um trecho da BR-316, no município de Palmeira dos Índios.

A vítima foi identificada como Lucas Emanuel de Oliveira, 20 anos. Um exame odontolegal, onde a arcada dentária do jovem foi comparada a uma vinda do estado da Paraíba, possibilitou a identificação. No entanto, os prontuários das outras vítimas, apresentados pelos familiares, não permitiu que as mesmas fossem identificadas, o que deve acontecer após exame de DNA.

Segundo a Perícia Oficial do Estado, o material genético dos corpos, assim como o de familiares, já foi recolhido e será encaminhado para o Laboratório Forense do Instituto de Identificação. Os exames de DNA devem ser concluídos em até 10 dias.

De acordo com relatos de testemunhas, morreram no acidente: Diego Rodrigues, 26 anos, advogado e condutor do veículo; a mãe de Diego, Tereza Rodrigues, uma amiga da família, Mauricéia, e os dois filhos delas, Emanuel, 15 anos e Lucas, 19 anos. Todos moradores do município de Rio Largo.

Ainda segundo testemunhas, eles viajavam com destino a Paraíba, onde participariam de uma festa familiar. O grupo faria uma parada na cidade de Bom Conselho, em Pernambuco, para pegar a namorada de Diego.

O caso

 As cinco vítimas morreram carbonizadas na tarde desta quinta-feira, 23, depois que um veículo Palio de cor vermelha e placa de Rio Largo explodiu ao colidir com um caminhão na BR-316, em Palmeira dos Índios.

O motorista do caminhão, um homem de 36 anos, foi socorrido com ferimentos leves para a Unidade de Pronto Atendimento de Palmeira.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os primeiros levantamentos apontam que o Palio teria invadido a pista contrária e colidiu frontalmente com o caminhão. O motorista do veículo de carga ainda teria tentado desviar levando o carro para o acostamento, mas não conseguiu evitar o acidente. 

*Estagiária / Com Assessoria