Divulgação B3d04ec2 540b 4e84 847e e3704f0353ca Com uma boa equipe de governo Vinícius Lima vem mudando a cara de Canapi

Entre uma série de medidas que o prefeito de Canapi, Vinícius Lima vem adotando para colocar a casa em ordem, está à situação do Iprev, o Instituto de Previdência municipal, órgão que foi encontrado abarrotado de problemas, sobretudo com desfalque na movimentação financeira, bronca que deve sobrar para o ex-prefeito Celso Luiz; ele que por outros motivos de sua administração se encontra até hoje encarcerado em Maceió.  “É um absurdo que os direitos dos trabalhadores não sejam levados a sério. Na nossa gestão, vamos lutar muito para que os serviços sejam prestados com responsabilidade e transparência. Resgatar o Iprev/Canapi é uma questão de honra”, diz Vinícius.

Lembra um funcionário do órgão, que o ex-prefeito José Hermes, quando assumiu a Prefeitura, encontrou o Iprev com saldo disponível de apenas R$ 124,00 (cento e vinte e quatro reais) e que ao entregar a Prefeitura em 2012 deixou o Instituto com saldo em torno de R$ 6 milhões. “É uma questão que leva a uma séria reflexão. Gerir a coisa pública requer, antes de qualquer coisa, responsabilidade. E a mesma responsabilidade e transparência da administração José Hermes vem sendo mantida na administração Vinícius Lima” diz.

A atual diretora do órgão, Késia Maria Rodrigues de Lima, declara que, ao assumir a direção do Iprev em janeiro deste ano, o mesmo encontrava-se com um saldo de R$1.714.888,62. Atualmente, o saldo é de R$1.784.047,41, graças, segundo ela, à retomada dos repasses agora corretos. “Se continuasse funcionando como vinha, o Fundo de Previdência já estaria zerado, comprometendo o futuro dos funcionários públicos. Mesmo com todas as despesas que começam a ser sanadas e com todos os entraves que surgem no sentido de reerguer o Iprev, já se pode perceber um avanço com a recuperação no saldo e com todas as medidas que estão sendo tomadas para que tudo volte a funcionar normalmente, como deve ser” comentou.  

Késia Maria faz questão de frisar que ao longo desse ano, já foi feito no Iprev o recenseamento e revisão dos benefícios e está sendo adotado um trabalho de levantamento das dívidas previdenciárias deixadas pela gestão anterior, após quatro anos sem nenhum repasse. Revela que também estão sendo concluídos 22 processos de Aposentadorias e Pensões referentes ao exercício 2017. “Aos poucos, estamos conseguindo colocar a casa em ordem” relata Késia Maria, otimista pela revitalização que vem sendo feita no órgão por determinação do prefeito Vinícius.