9dba2ea6 e611 4458 8c3f e4e58c53eea6

A Câmara Municipal de Maceió manteve os 64 vetos do Poder Executivo às emendas dos vereadores à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para elaboração e execução do orçamento geral do município de Maceió relativo ao exercício 2018. A votação nominal e secreta ocorreu na sessão ordinária desta terça-feira (21) e cumpre mais uma etapa no calendário de votações das matérias orçamentárias até o início do recesso de final de ano.  A LDO foi aprovada pela Casa de Mário Guimarães em junho passado.

Encerrado o capítulo da LDO com apreciação dos vetos, os vereadores se preparam para deliberar o Plano Plurianual (PPA) e a Lei Orçamentária Anual (LOA), que é a peça orçamentária propriamente dita.

Na próxima terça-feira (28), acontece audiência pública para discussão da LOA, a partir das 9h no Plenário da Câmara, localizado no centro da capital. “A audiência é um momento muito importante, porque a população, através de seus líderes comunitários e outras lideranças, tem a oportunidade de fazer sugestões quanto às obras e ações a serem colocadas em prática pela Prefeitura no próximo ano. Ninguém melhor do que a própria comunidade para falar sobre sua realidade e aprontar as prioridades. Por isso, estamos convocando todos a estarem presentes no dia 28”, destacou o presidente Kelmann Vieira (PSDB).

Após essa discussão, abre-se período de três dias para apresentação de emendas dos vereadores, elaboradas a partir do que foi sugerido durante a audiência pública. A Câmara trabalha para votação das matérias até o dia 15 de dezembro, portanto antes da data de início do recesso.

“Estamos seguindo à risca o calendário de apreciação e votação das matérias importantes para o município de Maceió como LDO, PPA e LOA. Pretendemos definir esses assuntos antes do prazo de recesso da Casa. Mais uma vez, apesar de pensamentos e opiniões divergentes, conseguimos manter um entendimento democrático entre os vereadores. Como sempre, temos buscado prezar pelo melhor para Maceió”, destacou o presidente da Casa.