Foto: Assessoria A08d8bfa a86f 4d87 8c8a 3a1fcde97ed3
No mês de celebração da Consciência Negra, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, anunciou os recursos no valor R$ 3,7 milhões para obras de pavimentação do acesso à Serra da Barriga, em União dos Palmares, por meio do Ministério do Turismo. A melhoria em infraestrutura traz para o Parque Memorial Quilombo dos Palmares mobilidade aos moradores e facilitará o acesso para fomentar o turismo cultural. No último dia (11) a Serra da Barriga foi reconhecida como patrimônio cultural do Mercosul. 
De acordo com o prefeito Areski Freitas, o "Kil", atualmente, a estrada de terra que dá acesso ao platô  ganhará pavimentação em asfalto, da área urbana do município até a base da Serra da Barriga será em paralelepípedo. 
“Um sonho de mais de 30 anos da população e com a articulação do ministro vamos conseguir viabilizar os investimentos para construção desse acesso tão importante. Ganha quem vive aqui e o turismo reforça mais um avanço na história do Quilombo dos Palmares”, destacou. 
Para o ministro, Marx Beltrão, a história de Zumbi dos Palmares, uma das principais referências da resistência negra da humanidade e  precisa ser preservada. “Todo o processo histórico de conquista e preservação cultural aliado à atividade turística possibilita geração de emprego e renda. Viabilizar os investimentos garante aparelhamento necessário para que o local de fato funcione como mais um atrativo para quem visita o nosso estado”, ponderou. 
Os investimentos vão contemplar 7,4 quilômetros de via com o objetivo de facilitar a mobilidade dos moradores. Com acesso facilitado, irá aumentar o número de visitantes e fortalecer a atividade turística com a prospecção de novos empregos e geração de renda. 
“O espaço precisa realmente ganhar movimentação e sair do cenário meramente comemorativo. São inúmeras possibilidades que o município poderá buscar em parceria com os órgãos competentes e articulação com trade turístico”, concluiu o ministro.
Parque
O Parque Memorial Quilombo dos Palmares reconstitui o cenário de uma das mais importantes histórias de resistência à escravidão ocorridas no mundo: a história do Quilombo dos Palmares – o maior, mais duradouro e mais organizado refúgio de negros escravizados das Américas. Nele, reinou Zumbi dos Palmares, o herói negro assassinado em 20 de novembro de 1695, data em que se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra.