1fcce7c5 01fe 4673 acaf 68d001705794


 

 

A Assembléia Legislativa aprovou em regime de urgência, a indicação nº 281/2017 da deputada estadual Thaise Guedes(PMDB), que requer do Governo do Estado o levantamento dos alunos diabéticos, hipoglicêmicos (redução do nível de açúcar no sangue) e celíacos (alergia ao glúten), matriculados nas escolas públicas de Alagoas, a fim de fornecer uma merenda diferenciada que se enquadre nas necessidades de cada estudante. 

 

"Segundo estatísticas, a diabetes é uma doença, com um número cada vez maior de diagnósticos ao ano. A hipoglicemia pode ocorrer tanto em indivíduos saudáveis, como em diabéticos, embora seja mais comum na diabetes descompensada. Já a doença celíaca, infelizmente, tem se tornando comum nos dias de hoje. Para muitas crianças, a merenda escolar servida, é uma das principais refeições do dia, e é dever do Estado zelar pela saúde da população, disponibilizando, por exemplo, uma alimentação diferenciada de acordo com as condições de cada um", defende a parlamentar.

 

A indicação prevê que após o levantamento do governo, seja implantando um projeto para o fornecimento do cardápio diferenciado.  “Estas doenças são de fácil controle desde que observadas a tempo e adequadas à uma dieta especial. O cardápio diferenciado visa garantir a segurança alimentar e nutricional de forma igualitária, respeitando as diferenças biológicas entre idades e condições de saúde dos alunos que necessitem de atenção específica ou que se encontram em vulnerabilidade social. O emprego da alimentação saudável e adequada, refletirá no crescimento e no desenvolvimento dessas crianças, além de contribuir para um melhor rendimento escolar”, concluiu Thaise Guedes.