5cebd8d7 e54e 47f9 ae12 e5502c78fbaf

 

 O trabalho social desenvolvido pelo deputado estadual Tarcizo Freire (PP) ao longo dos últimos 10 anos em Arapiraca e região Agreste através das ações do Complexo de Equoterapia são as garantias para o seu retorno a Casa de Tavares Bastos em 2018. O parlamentar segue independente sem apoios de grupos políticos tradicionais na sua missão de servir, fazendo sua parte.

Sua reeleição em 2018,  no cenário politico da cidade mais importante do interior do Estado não será prejudicada pelos demais postulantes a Assembleia Legislativa Estadual. Tanto para quem disputa a reeleição e os novos postulantes. A preocupação de Freire no momento, é aumentar o raio de ação da instituição que idealizou fundou o Complexo Multidiciplinar que leva o seu nome.

Está em fase de construção uma unidade em Olho D’água das Flores no Sertão e já em funcionamento um anexo no bairro Brasília e no próximo ano, mais um anexo no bairro Primavera ambos em Arapiraca. Com a experiencia de cinco legislaturas na Câmara Municipal de Arapiraca e o seu trabalho sempre direcionado as classes trabalhadoras, “Tarcizo Freire conta com o reconhecimento do povo para continuar na Casa de Tavares Bastos.” Essa é a opinião de um experiente analista político.

Pré-candidatura de Célia Rocha a ALE

Quanto a pré-candidatura a deputada estadual da ex-prefeita Célia Rocha (PTC) aliada do senador Fernando Collor (PTC) e do grupo politico do governador Renan Filho (PMDB) corre o risco de atrapalhar a reeleição de aliados a exemplo do deputado estadual Ricardo Nezinho (PMDB). Experiente na política, Nezinho,  vem buscando ampliar sua liderança em outras cidades. Em 2016 quando disputou a prefeitura de Arapiraca, e perdeu para Rogério Teófilo (PSDB) o parlamentar peemedebista, perdeu algumas lideranças que foram recuperadas em outros redutos eleitorais do Estado.

Divisão no grupo situacionista

Com a confirmação da pré-candidatura do advogado Moacir Teófilo Neto (PSDB) filho do prefeito Rogério Teófilo a uma das 27 vagas na Assembléia Legislativa Estadual pode, naturalmente provocar um possível “racha” no grupo situacionista. São pré-candidatos a deputado estadual, Breno Albuquerque, filho do ex-deputado estadual Dudu Albuquerque, A vice-prefeita Fabiana Pessoa e possivelmente a secretária municipal de saúde, Aurélia Fernandes (PSB).

Evidentemente, que toda a máquina administrativa vai focar no filho do prefeito, deixando os demais postulantes do grupo situacionista a “ver navios”. Caso contrário, terão que buscar outras alternativas para conquistar votos. Isso sem falar em Rodrigo Cunha, (PSDB) que sempre está ao lado do prefeito em todos os eventos políticos de Arapiraca e até o momento, não definiu que rumo vai tomar em 2018, se a reeleição ou a disputa de um mandato de deputado federal entrando em rota de colisão com o deputado estadual Severino Pessoa (sem partido) que já anunciou sua disposição de disputar a Câmara dos Deputados em 2018.