Ascom PC/AL 7e58fb1f 1d1e 4c26 9248 b17b4b6d7be0 Carro onde corpo da vítima foi encontrado

A operação denominada “Viúva negra”, deu cumprimento a dois mandados de prisão temporária e de busca e apreensão contra de Cassia Josefa da Silva e Jadson Feliciano de Freitas, conhecido como “Naninha”. O casal de amantes é acusado de matar e jogar o corpo do marido de Cassia em um canavial, na zona rural de São José da Laje.

Segundo informações da assessoria da Polícia Civil (PC), a operação conjunta teve inicio na quarta-feira (08), sob a coordenação do delegado Edberg Sobral, titular do 115º Distrito Policial. Os mandados de prisão foram expedidos pelo juiz da Comarca de São José da Laje, após representação do delegado Edberg, em desfavor dos acusados.

A ação foi realizada por policiais civis e militares do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de São José da Laje.

Ainda de acordo com informações da policia, Cassia é suspeita de ser a autora do homicídio que vitimou seu esposo, Edinaldo Francisco de Oliveira, 44 anos, encontrado morto dentro do seu veículo Mitsubishi, modelo L-200, em um canavial localizado na zona rural de São José da Laje, no dia 30 de setembro deste ano.

Edinaldo foi assassinado com vários disparos de arma de fogo na região da nuca. No local do crime foram recolhidas várias ampolas de medicamentos, além de um cateter para aplicação de medicamentos intravenoso, o que evidencia que a vítima teria sido dopada antes de ser assassinada.

As investigações apontaram que Cassia exercia a profissão de enfermeira e possuía uma relação extraconjugal com Jadson. Este por sua vez teria participado da ação criminosa dando fuga aos elementos que efetuaram os disparos contra Edinaldo.

Pelo crime, Jadson teria recebido como recompensa o valor de R$ 2 mil reais e um revolver que foi subtraído da própria vítima.

O delegado informou que a Polícia Civil ainda continua com investigações no intuito de capturar uma terceira pessoa  envolvida no homicídio.

*Estagiária/Com Ascom-PC