0444a6d0 d2ec 4202 a3b9 29b1bd8119db

 “A administração do prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo  está comprometida com a lentidão.”. O desabafo e a  crítica foi feito na tribuna da Câmara Municipal de Arapiraca, na sessão ordinária dessa terça-feira (07), pelo vereador Rogério Nezinho (PMDB), ao cobrar da administração municipal mais celeridade na resolução dos problemas da cidade mais importante d interior do Estado.

Em seu pronunciamento, o vereador citou como exemplo a pasta  da Saúde, que, na sua opinião, continua com postos e unidades básicas de saúde desabastecidas de medicamentos básicos essenciais para a comunidade mais carente.

No seu discurso da tribuna da Casa, Rogério Nezinho parabenizou ao Pleno do Tribunal de Justiça de Alagoas, que deu ganho de causa a greve dos professores de Arapiraca e que, injustamente, tiveram pela administração municipal reduzidos salários no período da paralisação para cobrar melhorias na Educação, melhor condição de trabalho e os direitos salariais assegurados.

O vereador peemedebista, chegou a dizer que, se os vereadores forem falar sobre o descaso da administração municipal, trinta dias serão poucos para listar os problemas existentes na atual gestão.

Ele disse que a deficiência atinge todos os setores da administração pública e quem está pagando caro é a população, que, segundo Nezinho, encontra dificuldades para resolver um simples problema na gestão municipal.

Ao concluir o seu pronunciamento, Rogério Nezinho lembrou de uma passagem da secretária de Saúde e vereadora licenciada, Aurélia Fernandes, que, ao participar de uma audiência pública na Câmara Municipal ao responder qual nota daria a sua gestão, em pergunta feita pelo vereador Sergio do Sindicato, ele disse que, se caso essa pergunta fosse feita hoje, ao prefeito Rogério Teófilo baixaria de 3, 2, 1 e chegaria a zero a nota para a atual gestão, concluiu o vereador.