92b3394a 35a4 401e 8595 3926bc1572cd

 

O Instituto Raízes de Áfricas realizou na data consagrada ao dia dos finados, 02 de novembro, uma Conversa Preta em honra e Gratidão aos Ancestrais, no Espaço Abdias Nascimento, Serra da Barriga.

O Conversa Preta é a primeira ação do  Projeto Ayê: Afro-Conversas em Série:Vidas Pretas: Territórios, Representatividades e Identidades.

A ação aconteceu no entorno do  Baobá,  onde estão depositadas as cinzas de Abdias Nascimento, quando um grupo composto de 10 pessoas dialogou sobre a importância da gratidão aos antepassados e das experiências que subsidiam passos e construção de novos caminhos  pretos na contemporaneidade, como também foi feita a leitura e reflexão sobre a vida e obra do ativista Abdias Nascimento.

A série Afro-Conversas é organizada para estimular e facilitar, principalmente à nova geração o acesso ao conhecimento substantivo, crítico da história, vivências e saberes, produzido pelos ancestrais pret@s, que tem em Abdias Nascimento, cujas cinzas se encontram depositadas na Serra da Barriga, um dos seus principais ícones.

O Instituto Raízes de Áfricas busca acima de tudo, instigar uma série de conversas fluentes e acolhedoras que promova uma troca de saberes e o olhar para a gratidão a quem veio antes.

Segundo Milena Santos , do alto dos seus 11 anos, uma das  mais novas participantes do Instituto Raízes: "Vir aqui, na Serra da Barriga  é como se eu lembrasse de algo que não vivi. E esse espaço Abdias Nascimento é como se contasse uma história do passado."

As atividades do Projeto Ayê: Afro-Conversas em Série:Vidas Pretas: Territórios, Representatividades e Identidades prosseguem ao longo do mês de novembro.