Foto: Assessoria 9cab2552 12c1 4d37 be89 58f59dcfaffe

Durante sessão solene, a Câmara dos Deputados, homenageou o Dia Nacional da Proclamação do Evangelho e os 500 anos da Reforma Protestante. As duas datas são celebradas em 31 de outubro. A deputada Rosinha da Adefal falou do resgate da fé e valorização da vida.

A Reforma Protestante surgiu com Martinho Lutero, no século 16, após a publicação das suas 95 teses. Os princípios fundamentais da Reforma Protestante são conhecidos como os Cinco Solas: Sola Fide (Somente a fé); Sola scriptura (Somente a escritura); Solus Christus (Somente Cristo); Sola gratia (Somente a Graça); Soli Deo Gloria (Glória Somente a Deus).

“Lutero lutou contra imposições religiosas, defendeu o acesso à Bíblia por todos e que somos salvos pela graça. A Reforma Protestante foi um resgate da fé e a afirmação que a Bíblia é a Palavra de Deus”, comentou Rosinha.

Lutero também trouxe a valorização à mulher e seu protagonismo na Igreja e no mundo. Em sua época as mulheres não tinham espaço ou direitos, Lutero lutou por direitos iguais e, principalmente, pelo direito a educação e o acesso às escolas. Seu objetivo era que todos fossem alfabetizados, para lerem Bíblia sempre que quisessem.

A Reforma Protestante foi um resgate da fé e a afirmação que a Bíblia é a Palavra de Deus. Para Rosinha “é isso que devemos comemorar no dia 31 de outubro: o resgate da fé e a Palavra de Deus como fonte de sabedoria e vida”.

Durante a sessão solene ocorreram apresentações e louvores. A cantora Soraya Moraes foi uma das participantes da homenagem.

Em favor da vida

A deputada Rosinha da Adefal aproveitou a oportunidade e falou da necessidade de todos os evangélicos defenderem a vida. Ela comentou sobre um processo que tramita no Superior Tribunal Federal, ADI 5581, que cria a possibilidade do aborto no caso de a gestante ter sido diagnosticada com o vírus Zica. “Não é possível que o nosso país possa negar à pessoa com deficiência o direito à vida, que é o primeiro de todos os direitos, constitui ato de preconceito, desqualificando as suas capacidades e a sua dignidade. Queremos que a sociedade brasileira continue a ser acolhedora e não discriminatória”, comentou.

História

A Reforma Protestante foi um movimento que teve início em 31 de outubro de 1517, na Alemanha, quando o monge Martinho Lutero fixou suas 95 teses na porta da catedral de Wittenberg, protestando contra doutrinas e práticas da igreja dominante. Em pouco tempo acabou se expandindo para o mundo inteiro.