Arquivo - CadaMinuto Fb50ce94 8d8d 48c0 aa97 68f8dc7bb508 Homicídios: um dado que ainda envergonha Maceió

A comparação do Fórum Brasileiro de Segurança Pública sobre dados do número de mortes violentas intencionais registradas no Brasil em 2016, mostrou que Alagoas ficou na terceira posição do estado mais violento do Nordeste. Em todo o país, o número de mortes teve um crescimento de 3,8% em relação ao ano anterior.

Os números foram divulgados nesta segunda-feira (30) e trouxe uma taxa de 29,9 assassinatos por 100 mil habitantes. De acordo com o Fórum, no Nordeste Sergipe, Rio Grande Norte e Alagoas tiveram as três maiores taxas com 64%, 56,9% e 55,9%, respectivamente.

No ano passado, a taxa de assassinatos por 100 mil habitantes ficou em 54%, com o número absoluto de 1808. As taxas de homicídios vinham se estabilizando até 2014, nas contas do fórum, mas voltaram a crescer em 2015 e 2016.

O homicídio doloso ficou com um total de número absolutos de 1650, no ano de 2015 e em 2016 1.700.   

FEMINICÍDIO

Nas capitais, houve redução de 4,3% no total de mortes. Ainda assim, esses crimes cresceram em 14 dos 27 Estados. Entre as mulheres, foram 4.657 assassinatos, 533 deles registrados como feminicídio.

Além de homicídios dolosos, foram 2.703 mortos em latrocínios. As maiores taxas são em Goiás (2,8 por 100 mil habitantes), Pará (2,7) e Amapá (2,4).

Outros 4.224 foram mortos em ocorrências policiais. No mesmo período, foram assassinados 437 policiais.