08dfeb64 a186 4cee 9d26 ee8d042e5ca1

Saúde, educação, direitos e autonomia: produção de conhecimentos e oportunidades. Esse é o foco do VIII Congresso Brasileiro sobre Síndrome de Down, que acontece no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió, até este sábado 28. O evento é uma realização do Instituto Amor 21 e tem o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos (Semudh), que também participa com um estande de informações, no local.

Na programação do evento, que conta com a participação de renomados profissionais de todo País, minicursos, fóruns, oficinas, palestras, conferências e rodas de conversas, abordando os mais variados temas de interesse da comunidade Down, familiares, e da sociedade que já despertou para a importância da inclusão.

Entre os temas que compõem o Congresso, estão: Além da deficiência: empoderamento para pessoas com síndrome de Down, Rede de apoio à inclusão escolar, Inclusão educacional no ensino superior: novos desafios, Nutrição em síndrome de Down: o que devo saber?, Novas abordagens da fisioterapia na síndrome de Down e Caminhos de inclusão das Pessoas com Deficiência no mercado de trabalho.

A secretária da Mulher e dos Direitos Humanos, Claudia Simões destacou a importância do congresso para o Alagoas. ``Sediar um evento de tamanha relevância, não somente para a comunidade Down, mas para toda sociedade que busca a inclusão, é animador, pois nesse espaço se discute anseios, inovações e perspectivas para uma sociedade cada vez mais inclusiva. Estão de parabéns o Instituto Amor 21, a comunidade Down e todos nós alagoanos que abraçamos este evento”, afirmou a secretária.