Cada MInuto/Arquivo 3ae5b5f4 a6bd 425e 86d7 b78388e6f2f1 Biu e Téo Vilela na dobradinha para o Senado

O ex-governador Teotônio Vilela Filho (PSDB) confirmou, esta semana, que será candidato ao Senado e que não fará dobradinha com o senador Renan Calheiros (PMDB), como era especulado pela mídia e até aguardado por muitos eleitores alagoanos. 

Teotônio declarou, inclusive, que fará oposição ao governador Renan Filho (PMDB), na campanha eleitoral de 2018 e que é grande a possibilidade de estar ao lado do senador Benedito de Lira (PP), candidato a reeleição. Téo e Biu, portanto, estarão no mesmo palanque e vão disputar as duas vagas para o Senado. 

O ex-governador reconhece que o deputado (licenciado) e ministro dos Transportes, Maurício Quintella (PR) vem se destacando e que também pode ser um dos nomes fortes da Frente de Oposição, tanto como candidato a federal como a senador também.  

 “Claro que existe espaço para o ministro Maurício Quintella também disputar o Senado, se esse for o seu desejo, mas a princípio temos hoje um grupo forte, com condições de enfrentar em pé de igualdade o grupo do governador Renan Filho”, citou. 

Por enquanto é grande a expectativa de que o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB) vai aceitar a indicação de seu partido para disputar a eleição para governador, apesar de que sua assessoria garante que o tucano só vai tratar desse assunto após o Carnaval.   

De concreto mesmo, apenas que Rui Palmeira será empossado (numa cerimônia cartorial) como presidente estadual do PSDB e que já existem quatro partidos aliados de oposição: DEM, PP, PR e PROS. Uma convenção está agendada para o próximo dia 11 de Novembro, em Arapiraca, onde a chapa anti-Renan deve ser anunciada oficialmente.