Foto: Assessoria Fe32ed0e e5be 4b2c ad87 1ec3021308cc Maurício Quintella

Em entrevista ao Diário do Poder, o deputado federal Maurício Quintella (PR) avaliou que o país está sendo prejudicado pela perda de tempo do Congresso Nacional debatendo uma denúncia “inepta” e com motivações políticas, em referência ao novo pedido de investigação contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB).

“A denúncia foi urdida por motivações políticas do ex-procurador-geral da República e é absolutamente inepta, portanto deve ser rejeitada. O país precisa continuar avançando, recuperando sua economia, seus empregos”, disse Quintella ao jornalista Davi Soares.

Nesta segunda denúncia, a Procuradoria Geral da República acusa Temer e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco de obstrução de Justiça e participação em organização criminosa.

Maurício Quintella é um dos ministros (Transporte) exonerados provisoriamente do cargo para estar na Câmara dos Deputados durante a votação da denúncia, prevista para o dia 25.