C873516a b453 4d32 8a50 c39b8af5229c Prefeita Maristela não teve outra alternativa:. dispensou todos nesta 5ª

 Parte dos prefeitos alagoanos está retornando de Brasília depois de mais uma viagem aventureira, sobretudo na busca de solução para a crise que afeta os municípios. Na quarta-feira, eles foram recebidos pela bancada federal de Alagoas na sede da CNM. Por enquanto, toda bronca está sobrando para quem atual como servidor comissionado e contratado, onde é bastante alarmante o quadro de desemprego pelo interior, cuja situação vem causando até um desgaste econômico nos comércios das cidades atingidas, que, aliás, não escapa uma sequer.  

Esta semana, por exemplo, os gestores de Atalaia e Piranhas dispensaram  todos os comissionados e contratados; engrossando ainda mais o bolo de desempregados do Brasil, que já margeia a casa dos 14% conforme o IBGE (isso os que tinham carteiras assinadas).  Na verdade são muitos os prefeitos que já tomaram essa iniciativa em Alagoas nesses últimos dias.  No caso de Atalaia, há mais de três meses que a Prefeitura não vinha pagando o pessoal. No mês passado, o prefeito, Chico Vigário chegou até baixar uma portaria, reduzindo em 30% o salário dos comissionados, justamente na tentativa de honrar os compromissos da folha de pagamento, o que não foi possível.

Pois bem, foi na manha desta quinta-feira, que uma indigesta notícia tomou conta de Piranhas, sobretudo para centenas de pessoas que trabalham na Prefeitura em cargos comissionados e contratados. É que a prefeita Maristela baixou uma portaria exonerando todos os cargos, a fim de assegurar fluxo de caixa para garantir a máquina administrativa funcionando. Atribui à medida, as constantes quedas de repasse financeiro dos governos federal e estadual, em meio a essa desastrosa crise provocada pelos corruptos de Brasília.