21a31665 ef1d 4c60 af97 e4f0ff40ac0e

Técnicos do Instituto do Meio Ambiente do Estado de Alagoas (IMA/AL) estiveram numa Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), nesta quinta-feira, 19, para realizar a soltura de dezena de animais.

Segundo a assessoria de Comunicação do IMA, entre os animais devolvidos à natureza estão os pássaros que passaram por um longo processo de reabilitação no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recurso Naturais Renováveis (Ibama).

Foram soltos um mamífero (ouriço), cinco répteis (dois tejus, uma iguana, duas jiboias), dez passarinhos (quatro sebites, um patativa, dois papa-capins, três xexéus), além de 30 aves da família psittacidae (17 maracanãs nobre, quatro jandaias verdadeiras, nove periquitos-rei).

O nome e localização da RPPN onde os animais foram soltos não serão divulgados para evitar a ação de caçadores e pessoas que capturam os animais para comércio ilegal.

Segundo Ana Cecília, bióloga e veterinária da equipe de Gestão de Fauna do IMA/AL, “os psitacídeos que chegam ao Cetas geralmente possuem comportamento humanizado. São reabilitados para fortalecimento de musculatura e depois de meses de reabilitação é feita a soltura”.

A técnica reforça ainda que para a devolução desses animais à natureza foi fundamental a parceria com o proprietário da RPPN que providenciou ‘cochos’ para colocação de água e comida. “Isso é de grande importância, principalmente para os animais que ficaram muito tempo em cativeiro. Pois estes são mais mansos e demoram mais para se dispersar. Neste período de adaptação dos animais à natureza, o proprietário dará todo o suporte necessário”.

Ana Cecília explica ainda que o proprietário da RPPN foi procurado principalmente por causa dos psitacídeos. “A soltura deles não pode ser feita sem um apoio de manutenção de alimentação e água até sua dispersão com os bandos nativos”, esclarece.

Outros proprietários de RPPN que queiram se tornar parceiros nas ações para soltura de animais podem cadastrar as áreas no IMA/AL. Para isso basta entrar em contato com a equipe técnica de Gestão de Fauna, para verificar os procedimentos formais, pelos telefones 3315-1778 e 9.8867-6515.

*Com Ascom IMA/AL