E8d71c17 7d52 4fe8 a229 42681cbea040

‘Saia Arrochada’ não é para qualquer uma não, viu?

por Ana Luiza Marcolino

 

O que vi ontem na Casa Cor, no Parque Shopping, foram mulheres lindas, vaidosas, plenas de autoestima e, sobretudo, senti uma receita espontânea de muita coragem e otimismo.

Foi um show da vida!!!!

 

Histórias de superação que nos impulsionam a viver mais e melhor com tanta informação e orientação sobre uma doença que surge como se fosse a morte, mas é a própria luta pela vida.

Câncer: quando você fala esta palavra, fica mais fácil aceitar que esta doença não escolhe condição social, profissão ou qualquer outro critério de incidência. É uma doença que pode ser detectada na famosa, na minha vizinha, na jovem, na idosa ou em mim mesma.

Então surge outra palavra que não quer calar neste Dia Internacional contra o Câncer de Mama(19/10): prevenção.

E por falar em prevenção, foi tão bonito quando uma daquelas mulheres empoderadas disse: “não vamos perder tempo com coisas fúteis, vamos cuidar da saúde”.

Então meninas, vamos fazer nossos exames de prevenção pelo menos uma vez ao ano; vamos mudar nossos hábitos, sair do sedentarismo, praticar exercícios físicos e manter uma alimentação saudável, comendo nossa batata doce, inhame e macaxeira.

Por atitude, enfrentamento do que poderia ser o fim, mas foi o começo, entendi que a doença é forte e mais agressiva quando você permite que chegou no fim da linha, mas quando você se olha no espelho e vê que existe beleza além da queda dos cabelos e que a vida é o maior motivo para viver, então o câncer pode possibilitar grandes descobertas dentro de cada uma de nós.

Nesta noite de tanta beleza cor de rosa, marcando um outubro de mulheres fortes, lindas e poderosas, vi aquelas que pelo câncer chegaram à solidariedade, vi outras que sem a doença, mas pela compaixão, também chegaram à mesma solidariedade e vi mais, senti uma corrente de amor que está crescendo entre nós.

Quem disse que as mulheres são inimigas não esteve na segunda edição do ‘Saia Arrochada’.

Parabéns Tatiana Palmeira, você deu mais cor ao ‘Outubro Rosa’ em Maceió, em Alagoas!