Divulgação E786cb53 ad84 43d2 94c7 78e0b33ee7cd Lenine e Orquestra Arte Viva

Por conta da partida entre CSA e Fortaleza, neste sábado (21) em Maceió, a apresentação da Orquestra Sinfônica Arte Viva, de São Paulo, com o cantor Lenine mudou de horário. Ela acontecerá às 18 horas, no Estacionamento do Jaraguá.

O evento ocorre dentro das comemorações dos 200 anos de Emancipação Política de Alagoas. O evento é promovido pela REDE com o apoio do Ministério da Cultura e a entrada é gratuita.

Criada há 20 anos pelo Maestro Amilson Godoy, a proposta da Orquestra Arte Viva é levar música erudita para o público de um jeito bem diferente. “O que eu busquei foi trazer para a música popular essa riqueza sinfônica que acontece normalmente dentro da chamada música erudita”, explica. “Aquele rigor, aquela austeridade musical acontece no tratamento à música, mas não na convivência”, complementa, falando da descontração típica deste tipo de espetáculo.

Para fazer essa combinação do clássico com a MPB, a Orquestra Sinfônica Arte Viva já fez parcerias com grandes nomes como Gilberto Gil, Daniela Mercury, Milton Nascimento, Maria Rita, Arnaldo Antunes, Mariana Aydar, entre muitos outros. Dessa vez o convidado Lenine completa o repertório da Orquestra com seus sucessos.

“Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso, “Asa Branca Assum Preto”, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, um medley com canções da Legião Urbana, “Chega de Saudade”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, são alguns dos títulos que fazem parte do repertório do concerto.