Foto: Twitter 94445a06 c4c5 43ab 8c76 0a8f7edc0152 João Doria, prefeito de São Paulo, visita Maceió no próximo dia 27.

A jornalista Vanessa Alencar - ao falar do Decreto Legislativo que concede título de cidadão honorário de Maceió ao prefeito de São Paulo, João Dória - foi cirúrgica na pergunta mais cabível em relação à proposta: “O que Dória fez por Maceió para merecer tal honraria?”. 

Que o propositor - o vereador Francisco Holanda Filho (PP) - responda de forma objetiva. Simples assim. Na minha visão, Dória não fez absolutamente nada que merece tal título. 

Em minhas redes sociais, já fiz elogios a Dória, como também já fiz críticas. Concordo com algumas preocupações que ele tem em reduzir os custos da administração e buscar parcerias privadas. Discordo de outras bandeiras, como a do desarmamento civil, por exemplo. 

Todavia, ainda que só tivesse elogios a Dória, não veria razão para tal homenagem. 

A meu ver, trata-se apenas de mais um palanque para um presidenciável que se encontra dentro de um grupo político, em Maceió, do qual o PP do vereador Chico Holanda Filho faz parte. E sim, já concordei com Holanda em muitos pontos, sobretudo em críticas que fez ao PT no passado. 

Talvez seja Dória o presidenciável do prefeito Rui Palmeira (PSDB). 

Agora, entregar tal honraria a Dória parece não fazer sentido algum. É a mesma crítica que fiz em passado recente quando a Câmara quis homenagear o senador Aécio Neves (PSDB) e quando entregaram um título de doutor ao ex-presidente condenado Luis Inácio Lula da Silva, o Lula (PT). 

Toda honraria requer uma justificativa. Tentei buscar a proposta no site da Câmara de Maceió e não consegui. Por lá, apenas uma matéria oficial com a declaração do vereador José Márcio Filho (PSDB): “Além de ter dado cara nova à cidade de São Paulo, o prefeito João Dória Jr. é destacadamente um grande nome do empresariado brasileiro. Por conta do serviço prestado ao país nesse setor e pelo que tem feito pela capital paulista, queremos homenageá-lo com o Título de Cidadão Honorário de Maceió”. Qual a relação com a capital alagoana?

O fato é que Dória deve estar em Maceió no próximo dia 27 para se reunir com empresários na Associação Comercial. A Câmara de Maceió quer “correr” com o projeto para aproveitar a agenda do prefeito de São Paulo na capital alagoana. 

É mais um desses títulos de cunho puramente político. Logo, as críticas e questionamentos são extremamente legítimos. A diferença é que agora não há aquela militância que defenda Dória…ninguém para gritar: “Dória, guerreiro do povo brasileiro!”. Que triste…

Estou no twitter: @lulavilar