Arquivo 1339101888dom O arcebispo metropolitano de Maceió, Dom Antônio Muniz

Em declaração ao jornal Gazeta de Alagoas, o Arcebispo de Maceió, Dom Antonio Muniz, não escondeu sua irritação com as declarações do vereador de Maceió, e médico Ronaldo Luz, que além de classificar o homosexualismo como uma doença, afirmou que “as famílias ricas de Alagoas, quando descobram que um filho era gay, faziam eles se tornarem padres”.

“Ele precisa dizer o nome e quando isso aconteceu, porque senão se torna um irresponsável. Esse não é o tipo de discurso para se estar no parlamento, principalmente esse tipo de acusação” disse o Arcebispo, que complementou dizendo que “as declarações do vereador incitam o ódio entre as pessoas e são passíveis até mesmo de processo na Justiça”

Amanhã deve ocorrer um grande protesto na porta da Câmara Municipal de Maceió, contra as declarações do vereador.