Foto: Assessoria 8776e1e7 a52c 49aa b4bd 7af14cda9023

Em alusão ao Dia dos Professores, a ser comemorado no próximo domingo (15 de outubro), o prefeito Gilberto Gonçalves reuniu, na tarde desta sexta-feira (13), na Casa Amarela, os professores da rede municipal de ensino de Rio Largo para um momento de descontração, lazer e muita alegria, com música ao vivo, almoço, e sorteio de brindes. O encontro contou com a presença da vice-prefeita, Cristina Gonçalves, do senador Benedito de Lira e de secretários municipais.

 “A categoria sempre esteve próxima de nossa gestão, porque meu sentimento é de amizade, de respeito. Os professores são a mola propulsora do desenvolvimento de uma nação. Sem educação não existe felicidade, não existe bem-estar. Fui professor e tenho certeza que essa classe deve ser a mais bem remunerada de uma nação. Meu sentimento é de terminar minha gestão com os professores sendo os mais bem remunerados e estou trabalhando para que isso aconteça”, reconheceu o prefeito.

O senador Benedito de Lira prestigiou o encontro e considerou fundamental esse momento e como sendo um diferencial na gestão do prefeito Gilberto Gonçalves. “Esse dia é um dos mais justos e parabenizo o prefeito pela iniciativa. Tenho certeza que dias melhores virão para a educação de Rio Largo. È um privilégio estar aqui hoje porque em toda a minha vida sempre convivi com o magistério, desde quando fui fundador do colégio Élio Lemos”, parabenizou.

Presente ao encontro, o professor Josimar, Laurentino, da escola Dalmares Souza, considera o momento atual da educação de Rio Largo como um diferencial na vida dos professores e alunos, devido ao empenho dado, valorizando mesmo na atual situação em que o país vive. “Que venha contribuir para realizarmos um trabalho de qualidade na sala de aula. Essa cooperação entre os professores é muito salutar”, considerou.

A secretária de Educação, Mirna Costa, demonstrou sua felicidade em poder reunir sua equipe e quebrar paradigmas de que a gestão está distante das escolas. “Esse momento mostra que vivemos em Rio Largo “simplicidade e trabalho”, com boas relações dando base para que a evolução no ensino de fato aconteça”, finalizou.