0848f559 46bb 4f8f a8e6 49efecb30800 Medida deixa Audálio Holanda fora do páreo político por cinco anos

 Por unanimidade, na última sexta-feira, os desembargadores federais do TRF da 5ª região em Recife/PE, negaram provimento ao recurso de apelação do ex-prefeito de Chã Preta, Audálio de Vasconcelos Holanda, que o condenou por crime de improbidade administrativa, enriquecimento ilícito e dano ao erário. Com a decisão colegiada Audálio torna-se inelegível por cinco anos, e como se não bastasse, passa a ser  o primeiro político de seu município  carimbado com a indigesta  etiqueta de ficha suja.   

O número do precesso: 000400079520124058000, cujo relator foi o desembargador Alexandre Luna Freire.