Foto: Assessoria 1061da07 3d6d 42d1 92c4 5ea0676b37ca

Mais de uma dezena de cursos do Cesmac estão classificados entre os cem melhores cursos do Brasil segundo o Ranking Universitário Folha (RUF), a mais importante avaliação anual do ensino superior do país, feita pelo jornal Folha de São Paulo, desde 2012.

Pela avaliação o Cesmac está à frente de todas as demais instituições particulares de ensino de Alagoas, classificando em primeiro lugar no Estado vinte e três dos seus cursos superiores, incluindo como melhores principalmente os cursos de Medicina, Direito e os da área de engenharia.

Cursos como Biomedicina, com a 45ª colocação, Fisioterapia 54ª e Medicina Veterinária 55ª, são destaques do ranking figurando com essa classificação sobre todos os cursos congêneres mantidos por instituições públicas e privadas do país. Além desses cursos, mais onze graduações são classificadas entre os cem melhores do Ranking nacional da Folha.

Chama a atenção o Ranking, pela distância entre os primeiros lugares do Cesmac no Estado e os segundos colocados: enquanto o Curso de Direito obtém a 132ª colocação, o curso que aparece em segundo lugar fica na 351ª posição. Situação semelhante do curso de Medicina em que o segundo colocado está com setenta e quatro posições abaixo da Medicina do Cesmac.

A situação se repete em cursos como Educação Física, Farmácia, Fisioterapia, Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Computação e Comunicação, os três primeiros com duzentas pontuações de classificação à frente e os demais classificados com mais de 100 posições sobre os seus congêneres.

Qualidade do Ensino e Mercado de Trabalho

A ampliação dos resultados classificatórios dos cursos do Cesmac no Ranking Universitário Folha (RUF) premia o investimento em pessoal e equipamentos que a principal Instituição de ensino superior particular vem fazendo para manter a excelência do seu plano de desenvolvimento institucional e pedagógico.

O RUF avalia, em rankings independentes, os 40 cursos de maior demanda no país, de acordo com o Censo do Ensino Superior de 2014. Nessas listagens, são consideradas todas as instituições de ensino superior (universidade, centro universitário ou faculdade) que oferecem os cursos.

Essa avaliação tem base em dois indicadores: Qualidade do ensino e Mercado de trabalho. Para o primeiro, foram realizadas 2.125 entrevistas pelo Datafolha em 2014, 2015 e 2016 com docentes qualificados como avaliadores do MEC.

Para o indicador Mercado de Trabalho, 5.975 entrevistas foram realizadas pelo Datafolha em 2014, 2015 e 2016 com profissionais do mercado (de empresas, hospitais, consultórios, escolas e afins).