Tribuna do Sertão Beb63cb5 698a 4ba3 b104 84b8ede6e905 Secretária de Saúde de Palmeira, Kátia Born

A ex-prefeita de Maceió, Katia Born, e o deputado federal Ronaldo Lessa (PDT) voltarão a se encontrar na “esquina da História”. Após brigas com o deputado federal João Henrique Caldas, o JHC (PSB), pelo comando do partido, Born decidiu deixar a legenda. Sua nova casa será o PDT de Ronaldo Lessa. 

No passado político de Alagoas, Born chegou a ser apontada como sucessora de Lessa e era uma das figuras políticas importantes do grupo do ex-governador. Born foi prefeita de Maceió com o apoio de Lessa e esteve ao seu lado quando o deputado federal comandou o Executivo estadual. 

Apenas em 2006, quando Lessa rompeu com o ex-governador Teotonio Vilela Filho (PSDB), o PSB de Katia Born optou por seguir naquele governo tucano, rompendo os laços com o pedetista. 

De lá pra cá, Born teve uma carreira distante dos cargos eletivos, mas sempre ocupando funções públicas em secretarias estaduais e municipais, como ocorre hoje em Palmeira dos Índios, na gestão do prefeito Júlio Cézar (PSB). 

Se Born fará ou não diferença no PDT em relação ao pleito eleitoral de 2018, aí é com a História. Há muito que a ex-prefeita não é testada nas urnas, ficando sempre nos bastidores. 

Nas eleições municipais passadas, apoiou uma terceira via em que se opôs ao deputado federal Cícero Almeida (Podemos) e o atual prefeito Rui Palmeira (PSDB). Ela apoiou a candidatura de JHC. Depois, o parlamentar do PSB virou um desafeto político. 

O reencontro político entre Katia Born e Ronaldo Lessa tem data para acontecer. A filiação terá “pompa e circunstância” na Assembleia Legislativa do Estado de Alagoas, no próximo dia 08, às 10 horas.  

A ex-prefeita pretende esvaziar o PSB, levando com ela mais de 200 ex-membros da legenda. 

Born até comemora o fato de 45 nomes do diretório do PSB deixarem o partido. Entre eles, o deputado estadual Inácio Loiola, que também irá para o PDT. JHC agora fica com o partido. 
 

Estou no twitter: @lulavilar