C0f87511 b58c 4f1e b656 930b5d3f5c8f
A Secretária do Meio Ambiente, Saneamento, Agricultura, Pesca e Aquicultura (SEMMA), faz um alerta para a população deodorense sobre o “lago” próximo a barreira do povoado Malhadas. O local é uma extração mineral, que devido ao acumulo de água das fortes chuvas, tornou-se um lago.
Localizado em área privada, a água apresenta grandes riscos à saúde de quem tomar banho, por ser uma água contaminada. Além disso, no fundo é encontrado argila, que pode levar até a morte, se alguém pular de forma errada.
A Secretaria do Meio Ambiente está agilizando rapidamente o estudo da água junto com o Instituto do Meio Ambiente (IMA), a Defesa Civil Municipal e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Marechal Deodoro (SAAE), para saber qual o grau de contaminação.
O Secretário do Meio Ambiente, Matheus Gonzalez, alerta que a população não faça o uso desse lago, até que se tenha uma análise completa do local.
“Iremos fazer uma análise da água encontrada no local, e é importante que as pessoas evitem ir até lá, pois além de ter riscos para a saúde, tem também riscos de acidente, já que como é um terreno privado, não tem salva-vidas. Assim que tivermos a análise, colocaremos placas no lago, para informar as pessoas dos riscos”, afirmou o secretário.